Posts Tagged ‘SIC’

“bem me avisaram… mas… hum…” [esmiúça os sufrágios com José Sócrates]

Setembro 15, 2009

Sócrates

[uma gargalhada de José Sócrates] “essa é muito bem observada… mas enfim…”

Anúncios

“juntos pela Teresa na SIC”

Junho 22, 2009

Dadores_Compatíveis_Precisam-se

a campanha JUNTOS PELA TERESA vai estar no programa FÁTIMA na SIC, no próximo dia 24 de junho (quarta-feira)

por favor, reencaminhe esta mensagem para todos os seus contactos.

para mais informações, consulte:

 

www.youtube.com/juntospelateresa

ou contacte: juntospelateresa@gmail.com

Margarida Magalhães

dê ao dedo, no mínimo!

a “CAMBADA” e outros projectos inovadores da UA… e “nós, por cá” atentos estaremos!

Março 16, 2009

ua_portas_abertaso programa televisivo, “nós por cá” thumb_img_c2_98021… hoje na UA entre as 19 e as 20 horas!

http://uaonline.ua.pt/detail.asp?c=14307

uma “CAMBADA”, e mais projectos inovadores para mostrar em directo e na SIC.

a UA de portas abertas para a visibilidade, uma constante.

“a vida é curta, temos que vivê-la com gosto e intensidade”

Dezembro 8, 2008

candida_pinto_mortos_misteriosos1

“há jornalistas que são mortos misteriosamente. há acidentes e armas silenciosas”… contou Cândida Pinto da experiência vivida no afeganistão, na guiné-bissau….

candida_pinto_mais_tolerancia_cinismo

“acho que me deram mais tolerância, por um lado, e mais cinismo, por outro”… assumiu Cândida Pinto absorvida pelas experiências de guerra que viveu.

candida_pinto_viciada_informacao_vida

“consumo informação todos os dias e a minha vida passa por aí”.

candida_pinto_vida_gosto_intensidade

“a vida é curta, temos que vivê-la com gosto e com intensidade. e olhando para os outros também. temos que tentar ser felizes”

imagens que Cândida Pinto repetiu em tertúlia, a voz com experiência para incutir hoje aos jornalistas ajudando-os a pensar.

“gosto de ajudar as pessoas a pensarem”

Dezembro 6, 2008

candida_coordenar_pessoasCândida Pinto, jornalista de elite com reconhecido mérito em reportagens de guerra e pela SIC, “não vai tanto à rua” em trabalho de terreno e mal encontra oportunidades, vai!

 

 

coordena presentemente as grandes  reportagens do mesmo canal televisivo: abrir janelas para os jornalistas, dar outras pistas, ajudar a construir coisas, debater ideias.

repórter sem medo, mestra com dedo.

perfil a seguir.

 

 “acho que é muito importante ajudar as pessoas a pensarem, a construir coisas novas”