Posts Tagged ‘ovar’

“primeira entrevista de Manuel Godinho da face oculta – exclusivo DN”

Março 5, 2010

amanhã não perca no DN a primeira entrevista a Manuel Godinho, o empresário de ovar que está na origem de todo o processo ‘face oculta’.

as relações com Armando Vara, as prendas que oferecia aos amigos, os negócios com as empresas participadas pelo estado, a vida e a doença na prisão: Godinho conta todos os pormenores no DIÁRIO DE NOTÍCIAS de amanhã.

http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1512019

Anúncios

“pedido de adaptação ao estado de saúde de Godinho” – face oculta

Novembro 13, 2009

Pedro Teixeira_Advogado Manuel Godinho_Face Oculta

os advogados de Manuel Godinho requereram esta semana ao juízo de instrução criminal de aveiro que “adapte” a medida de coacção a que o principal arguido da face oculta está sujeito (prisão preventiva) ao seu estado de saúde “preocupante”.

Pedro Teixeira, um dos advogados do arguido, disse hoje à agência lusa que o requerimento, apresentado quarta ou quinta-feira, alude a relatórios médicos que referem um quadro cardiovascular “complicado” e “problemas graves” de diabetes de Manuel José Godinho.

segundo Pedro Teixeira, estes problemas de saúde são sublinhados quer pelo médico pessoal de Manuel Godinho, quer pelos serviços clínicos do estabelecimento prisional de aveiro, onde o arguido se encontra. […]

http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1419783

“Namércio Cunha paga caução para ficar em liberdade” – face oculta

Novembro 11, 2009

Namércio Cunha_Face Oculta_Pagamento Caução Liberdade

[…] Namércio Cunha ficou obrigado a prestar uma caução de 25 mil euros em 10 dias para ficar em liberdade, para além de proibido de contactar outros arguidos ou sair do País. […]  http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/Interior.aspx?content_id=1416684

“medidas de coação a arguidos da face oculta”

Novembro 10, 2009

Paulo Brandão_DIAP Aveiro_Declaração Medidas Coação

o juízo de instrução criminal do baixo vouga, aveiro, indiciou hoje o arguido da face oculta Namércio Cunha pelos crimes de associação criminosa e corrupação activa, obrigando-o a pagar uma caução de 25 mil euros.

de acordo com um comunicado lido pelo juiz presidente da comarca, Paulo Brandão (na foto), Namércio Cunha é suspeito de ter praticado um crime de associação criminosa e outros dois de corrupção activa para acto ilícito. […]

http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1416142

[…] José Valentim, José Valentim_ Caso Face Oculta antigo responsável pela gestão de sucata da rede ferroviária nacional no entroncamento, limitou-se ontem a conhecer os indícios de actos criminais que lhe são imputados no processo. escutas telefónicas da PJ interceptaram-no a prestar informação sobre concursos que interessariam ao empresário de ovar, actualmente em prisão preventiva. 

a suspensão de funções na refer, à semelhança do que acontecera com o primeiro funcionário da empresa pública ouvido pelo JIC, Manuel Guiomar, acaba por não surpreender. […]

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1415813

face oculta – “levantamento irregular de transformadores das subestações de mogofores” (anadia)

Novembro 5, 2009

Operação Face Oculta_Manuel Godinho_DIAP Aveiro empresário de ovar, Manuel Godinho, é acusado de ter relações privilegiadas com responsáveis do sector empresarial do estado. […]

há pelo menos mais meia dúzia de empresas do sector empresarial do estado onde a polícia judiciária de aveiro detectou operações de gestão de resíduos com recurso a práticas alegadamente criminosas. foi o caso do levantamento irregular de transformadores das subestações de mogofores (anadia)… […]

http://anadia100gente.blogspot.com/2009/11/negocios-com-sucata.html

“advogado de Manuel Godinho vai corrigir determinadas notícias que não correspondem à verdade” – face oculta

Novembro 3, 2009

Pedro Teixeira_Advogado Manuel Godinho_DIAP Aveiro_1

o advogado de Manuel Godinho promete para altura oportuna esclarecimentos.
“quando estiver em condições”, Pedro Teixeira vai corrigir “determinadas notícias que não correspondem à verdade”.
uma curta declaração após uma passagem, ontem de manhã, pelo departamento de investigação e acção penal (DIAP) de aveiro.

[fonte: noticiasdeaveiro.pt]

“rede tentacular de alto nível de Godinho – face oculta”

Novembro 3, 2009

Operação Face Oculta_Manuel Godinho_DIAP Aveiro

empresário Manuel Godinho montou uma rede tentacular que envolvia antigos titulares de cargos governativos, funcionários autárquicos e de empresas públicas e militares da GNR, segundo o despacho judicial da operação face oculta, disse à lusa fonte ligada ao processo. […]

no despacho judicial há ainda relatos de Manuel Godinho, que fala na necessidade de afastar pessoas que não alinhavam no esquema, concretamente o presidente da REFER, Luis Pardal.

a PJ fez buscas a mais de 30 locais por todo o país além de escutas telefónicas e apreensão de documentos.

dos 14 arguidos, apenas Manuel José Godinho foi ouvido pelo juiz, prosseguindo quinta-feira a audição dos restantes.

http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1408010

chefe da repartição de finanças de s. joão da madeira, Mário Pinho, que surge envolvido no processo “face oculta” por ter recebido alegados subornos, vai ser alvo de um processo disciplinar, adiantou ao DN fonte da direcção dos serviços distritais de aveiro da direcção-geral dos impostos (DGI). […]

a polícia judiciária (PJ) chegou ao responsável pelas finanças de s. joão da madeira através do rasto de dois cheques e um outro pagamento, este presumivelmente entregue em mão, que perfazem cerca de 35.000 euros.

os inspectores dão conta de um cheque de uma conta de Manuel Godinho no valor 26.250 euros emitido à ordem de Mário Pinho. já o segundo cheque, de 7.500 euros, que era de uma conta titulada pela sociedade comercial, industrial metalomecânica (SCI), com sede em aveiro, ficou à ordem da esposa do dirigente fiscal.

no inicio de julho passado, Mário Pinho terá estado na SCI para receber 1.250 euros entregues por uma funcionária cumprindo ordens de Manuel Godinho. […]

http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1408580

“prisão preventiva decidida após sete horas de interrogatório” [“face oculta”]

Outubro 31, 2009

foram sete horas de interrogatório e a decisão só foi conhecida já depois das 22.00: Manuel Godinho fica em prisão preventiva a aguardar julgamento. Manuel Godinho_DIAP Aveiro_Prisão Preventiva

os fundamentos para a decisão não foram explicados aos jornalistas, mas fonte ligada ao processo disse ao DN que o juíz levou em conta que há fortes indícios de prática de crimes puníveis com pena superior a cinco anos. o magistrado pode ter considerado que havia risco de perturbação do inquérito, perigo de fuga ou continuidade da actividade criminosa.

os crimes de que está indiciado são associação criminosa, corrupção, tráfico de influências, falsificação e furto qualificado.

mesmo “completamente transtornado” com os acontecimentos dos últimos dias, um dos cinco irmãos de Manuel Godinho, “o do meio”, aguentou estoicamente o interrogatório judicial de ontem, no exterior da antiga casa dos magistrados na rua do príncipe real, em aveiro.

Artur Godinho, Artur Godinho_Irmão Manuel Godinho_DIAP Aveiro 52 anos, viu a distância curta o irmão chegar ao tribunal de instrução criminal (TIC) de aveiro pelas 11.10 Manuel Godinho_DIAP Aveiro_Chegada rodeado de três inspectores da PJ. “não posso, não posso”, foi a curta resposta de Manuel Godinho.

a descontracção aparente com que se preparava para enfrentar a justiça, depois de uma noite passada nos calabouços da PJ enganava.

“ele está completamente abatido”, garantia o irmão e parceiro da compra e venda de sucata há mais de trinta anos, negócio iniciado ainda com o pai.

às 13.40, saída para almoço. Manuel Godinho só disse uma palavra: “sim”. essa foi a resposta quando questionado “se estava a falar” perante o juíz.

Pedro Teixeira, o jovem advogado de aveiro Pedro Teixeira_Advogado Manuel Godinho_DIAP Aveiro_Entrada contratado para as diligências judiciais de ontem com o único detido na operação “face oculta” pedia “compreensão” por não prestar declarações.

no regresso do almoço, pelas 15.15, Manuel Godinho parecia confiante: “está a correr normalmente.” Operação Face Oculta_Manuel Godinho_DIAP Aveiro

e lá entrou no TIC para mais três horas de interrogatório. cerca das 21.00 Godinho regressou e uma hora depois já estava de saída, com a decisão já tomada pelo juíz. acompanhado por elementos da PJ, o seu ar era agora bem mais carregado.

texto de Júlio Almeida.

[artigo publicado no diário de notícias – DN de hoje; artigo não acessível via internet]

mega-operação “face oculta”: “não é a primeira vez que a O2 recebe a PJ”

Outubro 29, 2009

Empresa O2_Ovar 

[…] não é a primeira vez que a O2 e Manuel Godinho ( (*) ver perfil, em texto ao lado ) recebe a visita de inspectores. em 2008, uma equipa da inspecção fiscal revolveu as contas da empresa e, em finais de junho deste ano, uma equipa mista de inspectores tributários e da judiciária indiciaram Ferreira Godinho – em conjunto com outros dois empresários do mesmo ramo – em crimes fiscais. suspeitava-se, então, de um esquema de facturas falsas no montante de 31 milhões de euros, em que o estado terá perdido cerca de 11 milhões de euros. […]

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1404324

(*) tido como “muito discreto”, Manuel José Ferreira Godinho, na casa dos 60 anos, não abrandou os investimentos, apesar das recorrentes suspeitas de crimes económicos.

tem em curso a ampliação das instalações da “sucatas Godinho”, junto à nacional 109, em ovar. […]

http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1404319

“uma cadeira de carrossel não foi a brincar para um pai e seus três filhos”

Setembro 1, 2009

Acidente_Carrossel_Esmoriz_11 

carrossel não tinha licença da câmara de ovar e seguradora pode fugir a pagamentos. cadeira soltou-se em andamento e foi projectada. pai e filho sofreram ferimentos graves. outros dois filhos feridos de forma ligeira.

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1349917&seccao=Norte

Acidente_Carrossel_Esmoriz_12 Acidente_Carrossel_Esmoriz_António_Gomes

António Gomes, da comissão de festas, estranhou a exigência de um pedido de ocupação público.

autorizado o arraial, as diversões interessadas apresentam a documentação exigida e negociam os pagamentos, que podem variar entre a centena e quase mil euros. em esmoriz, eram doze equipamentos. “para nós, estava tudo legal”, disse o elemento da comissão de festas, confessando-se “já sem coragem de cobrar o dinheiro” ao proprietário envolvido no acidente.

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1349727&seccao=Norte

“se sonhássemos” tais coisas…