Posts Tagged ‘José Manuel Ribeiro’

“Ribeiro Cristóvão veio ter uma conversa na terra do Toni e do Alves Barbosa”

Junho 7, 2010

 

no passado dia 4 de junho, o PSD/anadia realizou mais uma conferência dirigida primordialmente aos seus militantes e simpatizantes, mas aberta à sociedade civil. desta vez o tema escolhido foi “desporto em portugal – que futuro?”. para falar sobre este tema foi convidado a ilustre figura da nossa rádio, Ribeiro Cristóvão. […]
Ribeiro Cristóvão, na sua intervenção começou por dizer que detém “uma relação muito especial com José Manuel Ribeiro”, agradecendo o convite do PSD/Anadia para poder ter uma “conversa” com as pessoas da mesma terra que Toni (antigo treinador do Benfica) e Alves Barbosa (antigo ciclista).

em toda a conferência, Ribeiro Cristóvão esteve muito informal, aproveitando para relatar um conjunto de histórias magníficas do mundo do desporto e da rádio. referiu-se inúmeras vezes a Joaquim Agostinho, como uma pessoa que era “genuína, pura e um grande companheiro, um verdadeiro campeão”. para Ribeiro Cristóvão, Joaquim Agostinho “era um exemplo de homem e de resistência”.
quando a conversa enveredou para o tema do futebol, as histórias multiplicaram-se e as dezenas de pessoas presentes na sala não arredaram pé, tendo-se ouvido diversas gargalhadas, dado o excelente humor do orador. […]

http://anadia100gente.blogspot.com/2010/06/ribeiro-cristovao-veio-curia-falar-de.html

“o anadiense José Manuel Ribeiro é mandatário financeiro nacional da candidatura de Paulo Rangel”

Março 22, 2010

direcção de campanha concelhia de anadia da candidatura do Dr. Paulo Rangel a presidente
do PSD, vem desta forma dar nota da sua composição.
 
Carlos Gonçalves, médico veterinário, presidente da mesa da assembleia de secção de anadia
do PSD, é o mandatário concelhio de anadia da candidatura do Dr. Paulo Rangel a presidente
do PSD.
António Lopes, director financeiro, membro da comissão política de secção de anadia do PSD,
assume as funções de director de campanha concelhio de anadia da candidatura do Dr. Paulo
Rangel a presidente do PSD.
Henrique Fidalgo, gestor, presidente da comissão política de secção de anadia da JSD, é o
mandatário da juventude concelhio de anadia da candidatura do Dr. Paulo Rangel a
presidente do PSD.
a direcção de campanha concelhia de anadia da candidatura do Dr. Paulo Rangel a presidente
do PSD é composta pelo mandatário concelhio de anadia, director de campanha concelhio e
mandatário da juventude de anadia.
da comissão nacional de honra da candidatura do Dr. Paulo Rangel a presidente do PSD fazem
parte os seguintes militantes da secção de anadia: Lígia Seabra – advogada;
Carlos Matos – economista; João Nogueira de Almeida – assistente universitário.
 
por fim, a direcção de campanha concelhia de anadia da candidatura do Dr. Paulo Rangel a
presidente do PSD, congratula-se com o facto de o anadiense José Manuel Ribeiro, fazer parte
da estrutura nacional desta candidatura, nas funções de mandatário financeiro nacional.
 
anadia, 21 de março de 2010
[a direcção de campanha concelhia de anadia
da candidatura do Dr. Paulo Rangel a presidente do PSD]

“Miguel Frasquilho sobre o OE para 2010… a convite da CPS de anadia do PSD”

Fevereiro 8, 2010

Miguel Frasquilho, vice-presidente do grupo parlamentar do PSD, disse na sexta-feira, dia 5 de fevereiro, na curia, concelho de anadia, que o país está a caminhar para o precipício. o parlamentar referiu que o PSD teve em conta “o interesse do estado ao viabilizar, pela abstenção, o orçamento”, mas que o que o PS fez “foi atirar portugal para uma situação muito complicada”.

o deputado à assembleia da república falava no âmbito da conferência “orçamento do estado para 2010 – o corolário de cinco anos perdidos”, promovida pela comissão política de secção (CPS) de anadia do PSD.

José Manuel Ribeiro, presidente da CPS de anadia do PSD, lembrou que esta seria a terceira conferência de Miguel Frasquilho sobre o orçamento do estado para 2010, que tinha passado já pelo porto e covilhã, cidades às quais se seguiu anadia, que integrou “este roteiro de acção política”.

considerado por José  Manuel Ribeiro “um dos melhores economistas do país na vida política activa e um valor crescente no PSD”, Miguel Frasquilho regozijou-se por falar para “uma casa cheia”. e começou logo por referir que “o país atravessa um momento particularmente difícil, já há cerca de 10 anos, com o definhamento da nossa economia. nos últimos cinco anos, o PSD advertiu para os erros da política económica que estava a ser seguida”, acusando o primeiro-ministro José Sócrates de ser “o causador do pior défice de sempre do país”.

“no ano de 2004, último de governação PSD/CDS, a dívida pública era de 58,7% e em 2010 vai ser na ordem dos 85,4%. estamos pior ao nível do rendimento por habitante (nível de vida); do crescimento da economia; do défice externo; do investimento público; da carga fiscal; da taxa de desempego” e de outros tantos indicadores. Miguel Frasquilho considerou que estes dados são “o retrato de uma governação falhada”, dizendo não saber “como quem governou nos últimos anos vai conseguir dar a volta”.

sendo 2009 um ano de crise profunda, com crescimento negativo a nível mundial, portugal “vai arrancar da crise internacional de forma mais desfavorável. o desemprego poderá estar na casa dos dois dígitos, entre 10 e 11%, números nunca antes atingidos no nosso país”, advertiu.

Frasquilho lembrou as projecções do fundo monetário internacional (FMI) para a economia portuguesa, que “é sempre a descer. somos o vigésimo pior país, de 27, em termos de nível de vida na união europeia (UE) e o sexto com maior défice em 2009 e com a quinta maior dívida pública”. face a esta “situação tão complicada”, se ainda passasse “para fora que o nosso orçamento não seria aprovado, as taxas de juro disparariam”.

desta forma, o deputado disse que com as indicações dadas pelo ministro das finanças, Teixeira dos Santos, o PSD “teria de viabilizar o orçamento do estado, pela abstenção. o governo praticou uma política totalmente desajustada, com erros gravíssimos cometidos ao longo destes cinco anos”.

Frasquilho referiu que não falava da política fiscal do orçamento do estado, “porque ela não existe”. mas lembrou que portugal tem um esforço fiscal 20% acima da média da UE: “pagamos impostos a mais. espanha paga 17% a menos, o que faz com que tenha margem para aumentá-los e o nosso país já não”. o deputado disse que “este orçamento ainda não corta na despesa pública” e defendeu, a título de exemplo, o corte “nos estudos de consultoria”.

a sessão terminou com um participado debate, onde a plateia, aberta aos militantes do PSD mas também à sociedade civil, colocou diversas questões a Miguel Frasquilho, que não deixou ninguém sem resposta.

[gabinete de relações públicas e comunicação social da CPS do PSD de anadia]

“o processo autárquico foi retirado à comissão política de anadia” [José Manuel Ribeiro]

Outubro 7, 2009

José Manuel Ribeiro_Presidente Comissão Política Concelhia_Anadia

[…] José Manuel Ribeiro considerou que “a escolha do actual presidente da câmara municipal, como recandidato, ocorreu numa ambiência claramente anti-democrática”, sublinhando que “o processo autárquico foi retirado à comissão política de anadia”, tendo sido entregue “ao candidato à câmara e à comissão permanente distrital (CPD) de aveiro do PSD”.

o responsável social-democrata critica a actuação do interlocutor da CPD de aveiro neste processo. […]

http://anadia100gente.blogspot.com/2009/10/jose-manuel-ribeiro-quebra-o-silencio.html

“José Manuel Ribeiro, um dos candidatos aprovados a deputado”

Agosto 5, 2009

JMRibeiro_Deputado_PSD_Aveiroda lista de candidatos aprovada ontem, em conselho nacional, faz parte Ulisses Pereira, elemento da direcção distrital, que já chefiou o gabinete do ministro Henrique Chaves

 

outros nomes, de um total de 20, entregues pela distrital aos órgãos nacionais, são Amadeu Albergaria, Paulo Cavaleiro, João Peres, José Manuel Ribeiro (foto) (deputado, presidente da assembleia municipal de anadia e presidente da concelhia), Paula Cardoso, Luís Montenegro, André Almeida, Ricardo Tavares e Ângelo Soares, indicado pelos TSD.”

 http://www.emaveiro.com/scid/emaveiro/defaultArticleViewOne.asp?categoryID=716&articleID=5315

programa eleitoral do PSD para as eleições legislativas: http://www.politicadeverdade.com/?idc=202&idi=4387

“nó de ligação de anadia à A1… entre parênteses.”

Julho 6, 2009

“”nó na A1 vai ser uma realidade”. “nó de acesso à auto-estrada pode estar para breve”. “concelho está prestes a ter nó de acesso à A1”.

praticamente três anos depois destas notícias, a construção do nó de ligação à A1 é o que se vê, ou seja, simplesmente, não existe. Acesso_A1_Anadia 

esta fundamental ligação à A1 permitirá ao concelho de anadia e aos concelhos vizinhos que mais empresas se instalem na região. no caso concreto do concelho de anadia, também não ficam dúvidas que as zonas industriais de amoreira da gândara e do paraimo podem expandir-se e dar um salto qualitativo com a existência com um nó de ligação à A1.””

[requerimento (parcial) de José Manuel Ribeiro entregue na passada sexta-feira dia 3 de julho, na AR e dirigido ao sr. ministro das obras públicas, transportes e comunicações (MOPTC)]

pensa o governo construir uma ligação do município de anadia à A1?
em caso afirmativo, quando o pensa fazer? quando iniciam as obras e quando
entrará ao serviço das populações?
[um dos esclarecimentos que José Manuel Ribeiro requereu.]

anadia na indirecta à A1… ainda.

anadia: José Manuel Ribeiro visitou o quartel da GNR “terceiro mundista”. a fotojornalista também não teve outras condições.

Junho 28, 2009

Posto_GNR_Anadia_DegradaçãoPosto_GNR_Anadia_Degradação_1Posto_GNR_Anadia_Degradação_2

“”o caso do posto de anadia nos últimos anos figurou entre as primeiras prioridades da antiga brigada 5 para obras urgentes mas nunca se fez nada de fundo, para além de alguns remendos”, revela fonte conhecedora do processo, remetendo para “a esfera política” outros esclarecimentos.

o ministério da administração interna (MAI) recebeu esta semana um relatório em pormenor feito pelo deputado do PSD. “o requerimento é bem ilustrativo mas para acreditar só visto”, refere o parlamentar que visitou recentemente o local.””

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1279117&seccao=Centro

“”o que antes eram celas para os prisioneiros, hoje em dia são “quartos” para os soldados.
no que concerne ao armamento para os homens que mais de perto lidam com o crime
violento o mesmo é escasso face às necessidades. o mesmo acontece com a frota
automóvel, ou seja, é claramente insuficiente
.”” [requerimento de José Manuel Ribeiro]

as imagens no interior não me foram permitidas na passada sexta-feira. sem autorização “superior superior” prévia. também não tive outras condições  para cumprir com a minha função. fica a referência.

“a região demarcada da bairrada, apenas será afectada em 40 metros. o concelho de anadia até beneficia com o TGV”

Maio 5, 2009

o ministério das obras públicas (MOPTC), em resposta ao deputado José Manuel Ribeiro (PSD), https://anajesusribeiro.wordpress.com/2009/04/09/nova-diligencia-de-jose-manuel-ribeiro-chamando-o-senhor-madrp-ao-atentado-tgv-em-anadia/, assegura: tgv_na_bairrada1

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1221224&seccao=Centro

[…]

“saliente-se que, de entre todo o conjunto de condicionantes identificadas, a RAVE (rede ferroviária de alta velocidade) procurou sempre minimizar, em primeiro lugar, o impacte sobre as populações. os corredores estudados, no concelho de anadia, passam maioritariamente por áreas florestais e agrícolas…”

[…]

“no entanto, é de referir que as populações do concelho de anadia serão também directamente beneficiadas com uma melhoria de serviço na linha do norte para comboios de passageiros suburbanos e regionais, e para mercadorias, decorrente do aumento de capacidade nesta via que resulta da transferência de serviços de passageiros de médio e longo curso para a linha de alta velocidade.” [governo

sinais “florestais e agrícolas” no tempo, na linha de alta velocidade.

PDM de anadia: “será que a lei não é para todos?” [Litério Marques]

Abril 21, 2009

“” quando afirma que se deve tratar de “um caso de polícia”, o autarca diz que “há razões mais do que suficientes para pensar assim”, questionando: “como é possível incluir na agenda de uma reunião da comissão nacional da reserva ecológica nacional, referente ao processo de revisão do PDM de anadia um requerimento de um particular, o qual curiosamente, requereu em tribunal a suspensão/anulação do PDM de anadia?”. “Parece-me grave”, conclui. comunicacao_literio_marques_pdm_anadia

quando questionado sobre a razão de só agora agir desta maneira, o autarca explica que fez no passado dia 18 de abril quatro meses (120 dias) que entregou a última versão da revisão do PDM “que vem responder a todas as exigências impostas pela CCDRC e, mais uma vez, até à presente data, ainda não obtivemos qualquer resposta”, desabafa. “”

http://www.diarioaveiro.pt/main.php?mode=public&template=frontoffice&srvacr=pages_13&id_page=6203

é caso para dizer que o presidente da câmara de anadia “tem os dias todos contados e, sem demora, no primeiro dia útil”, denunciou como caso de polícia particularizando, a matéria do “nunca mais é sábado”, a aprovação da última revisão do PDM de anadia, e sobre a qual José Manuel Ribeiro sempre tomou as rédeas na AR, não faltando com diligências e “apuros” perante o governo: https://anajesusribeiro.wordpress.com/2009/02/24/a-aprovacao-do-pdm-de-anadia-nao-e-conta-do-rosario-do-governo/

tanto a lei… como a tomada prometida, “mais que reinvidicada”,  de conhecimento de tudo respeitante… e a todos os “pretos respeitosos de dedicados”, e profissionais na divulgação em prol do concelho de anadia e à imagem da imparcialidade jornalística… devem ser para todos.

“re, e re… e reavivar”… é mostrar interesse profissional e porque, sobre o concelho de anadia,  temos tratado por carolice devota.

uma vaga na memória, por favor. quem não se sente (como anadiense), não é boa gente.

 

“nova diligência de José Manuel Ribeiro chamando o senhor MADRP ao atentado TGV em anadia.”

Abril 9, 2009

 jmribeiro_requerimento_pergunta_tracado_tgv_anadia“que diligências pensa o senhor MADRP efectuar junto do seu colega de governo que tutela esta área, de modo a que a região demarcada da bairrada não seja “esventrada”?”” 

face à falta de resposta à pergunta dirigida ao senhor MOPTC, https://anajesusribeiro.wordpress.com/2009/02/11/o-tgv-em-anadia-e-res-ves-campo-de-ourique-para-certas-localidades/, José Manuel Ribeiro “não largou o TPC”, e reapresenta também ao senhor MADRP, e com novos elementos.

a salientar de que a comissão vitivinícola da bairrada (CVB), a 20 de fevereiro, enviou um documento ao senhor MADRP solicitando a sua intervenção para reduzir os “impactos negativos” de tal traçado do tgv no concelho de anadia.

a intervenção do senhor MADRP é vivamente questionada (pergunta) por José Manuel Ribeiro no final deste requerimento “reforçado” de ontem, entregue na AR, intervenção sugerida junto do senhor MOPTC, membro do governo que tutela a área, este mesmo que ainda não respondeu ao anterior requerimento de José Manuel Ribeiro.

“”insta-os ainda a elencar “algumas contrapartidas para os cidadãos e empresas” afectados por esta decisão governamental.””

http://anadia100gente.blogspot.com/2009/04/tracado-do-tgv-mas-noticias-para-anadia.html