Posts Tagged ‘Dia de Natal’

“a Ti Ângela ganhou asas no Natal”.

Dezembro 25, 2008

“”a Ti Ângela largou a sua trotinete a motor para ganhar asas e ir ter de vez com o Menino Jesus no dia de Natal. angela_foi_ter_menino_jesus_sempre

Deus sabe porque a chamou no Natal.

fomos testemunhar o levantar de voo.

um misto de emoções que me baralharam e me forçaram a ligar o portátil hoje e fazer o post: “dia divino para uma Ângela que ia a Maria não só de nome”… como também… “porquê logo hoje, Deus do céu”?

a Ti Ângela já me acenou como me acenava mas desta vez (para sempre) com o Menino Jesus ao colo! xau!””

Anúncios

o afecto “cabeça dura” quando menos se espera?

Dezembro 23, 2008

sentimento_onde_menos_se_espera

um lugar de sonho que nos obriga a “penegar” com picados e por boas fotografias pois até as bermas de madeira dos passeios em calçada colorida dizem-nos algo que nos vai ao coração e por sua vez, entender o que vai no coração dos outros. os punhos das portas também expressam-se, sabiam?

o Lugar dos Afectos vai ser oficialmente inaugurado no dia de Natal às 15 horas. o concretizar, tijolo por tijolo, de um projecto trabalhado de coração pela Drª Graça Gonçalves. “dê um salto com quem ama ou pretende gostar!”

à minha volta:

“”o afecto onde menos se espera de alguém “cabeça dura” foi pronunciado (será?). um braço torcido somente em época do bem parece disfarçado em formalidades… é?

 

nada nem agora escondo ao Menino Jesus, sabe… e avivo em vésperas do “não ao engano” que é a época natalícia: somos Filhos de Deus todo o ano, sabe… e quando me via, desenhava eu com luz sentimentos e realidades para lhe agradar com a “minha vida do clic certo”, que ainda é e será? lembra-se? 

era o “ai, Jesus em asneiredo repetitivo”. foi o óbvio estampando com as mesmas letras e com o mesmo tom. e um facto consumado.

respondo, sim com um acto silencioso de inteligência, sabe… a lembrança que conta, que martelo sempre e unicamente valorizo neste Natal de 2008.

senão… bom Natal também para si e até para o ano! eu quero brilhar. brilhe. levante o véu.

dias bonitos vêm aí e com quem amamos, sem formalidades por quem nunca “fui”. soube alguma vez que tentei vezes sem conta? via a mesma fotografia, “porrinha”.””

://www.diarioaveiro.pt/main.php?id_page=5482

http://www.gostar.pt/