Posts Tagged ‘comissão vitivinícola da bairrada’

“as festas ajudam no crescimento do espumante certificado da bairrada”

Janeiro 4, 2010

[…] as festas da passagem de ano e do Natal são grandes responsáveis pelo aumento da produção de espumante certificado da bairrada – a maior região produtora do país – que, em 2009, deverá ter atingido 1,4 milhões de garrafas. um crescimento de quase 10 por cento em relação aos últimos anos (ver gráfico), segundo confirmou, ao JN, José Pedro Corte Real, da comissão vitivinícola da bairrada.

[…] também Mário Sérgio Nuno, proprietário da quinta das bageiras, na fogueira, sangalhos, confirma o aumento das vendas.

confirma, também, que é na época do natal e fim de ano que se regista uma maior saída do néctar bairradino. Mário Sérgio, eleito em 2004 o agricultor do ano pelo ministério da agricultura, acrescenta que “é no final do ano que as vendas do espumante de topo aumentam, garrafas que custam cerca de 15 euros”. […]

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=Anadia&Option=Interior&content_id=1460594

“vinhos da bairrada promovidos em terras de angola”

Novembro 28, 2009
a região da bairrada promove, no decorrer da primeira semana de dezembro, uma
forte acção de promoção em terras de angola. este país, com quem temos também fortes laços de afinidade nos prazeres eno-gastronómicos, é já desde alguns anos o principal mercado para os vinhos com denominação de origem bairrada. refira-se que neste país, os vinhos bairrada de qualidade certificada são muito apreciados pelo seu carácter distinto e elegante e harmonizam-se formidavelmente com as apetitosas especialidades gastronómicas locais. pela sua frescura, qualidade e prestígio secular os espumantes bairrada motivam uma grande curiosidade e vão por certo ser uma das grandes atracções do evento. são muito finos de aroma e com uma excelente mousse no paladar.
os vinhos brancos bairrada são apreciados pela conjugação de modernidade e tradição e são sempre frescos e apelativos. actualmente são elaborados pelas castas arinto, bical, cercial, Maria-Gomes mas também pelas internacionais chardonnay e
sauvignon. resultam frescos de sabor e de aromas delicados, apelando assim para consumidores que procuram quer o exclusivo das castas portuguesas quer o gosto das castas internacionais.
os vinhos tintos são também a grande novidade para este mercado: estruturados,
elegantes e frequentemente com garantia ímpar de longevidade. a região foi, em
tempos, de praticamente uma só casta tinta: a baga. mas actualmente os seus vinhos
integram outras castas, nas mais variadas proporções: camarate, jaen, tinta-roriz,
touriga-nacional, e também cabernet-sauvignon, merlot e syrah. os seus aromas
lembram bagas silvestres, resinas, especiarias e aromas fumados. por via da sua
elegância e variedade são extraordinários para degustar com os pratos mais
requintados e diversos. para reforçar esta ligação, decorrerá num dos principais restaurantes de luanda uma semana eno-gastronómica, sendo o responsável pelas ementas o reconhecido chefe Hélio Loureiro,  que para esse fim integrará a delegação de produtores que vão
apresentar os seus vinhos em angola.
os produtores bairradinos que participam nesta acção são a artwine, caves aliança,
Manuel dos Santos Campolargo, caves primavera, caves S. João e caves do solar de S. Domingos. [comissão vitivinícola da bairrada]

“nova diligência de José Manuel Ribeiro chamando o senhor MADRP ao atentado TGV em anadia.”

Abril 9, 2009

 jmribeiro_requerimento_pergunta_tracado_tgv_anadia“que diligências pensa o senhor MADRP efectuar junto do seu colega de governo que tutela esta área, de modo a que a região demarcada da bairrada não seja “esventrada”?”” 

face à falta de resposta à pergunta dirigida ao senhor MOPTC, https://anajesusribeiro.wordpress.com/2009/02/11/o-tgv-em-anadia-e-res-ves-campo-de-ourique-para-certas-localidades/, José Manuel Ribeiro “não largou o TPC”, e reapresenta também ao senhor MADRP, e com novos elementos.

a salientar de que a comissão vitivinícola da bairrada (CVB), a 20 de fevereiro, enviou um documento ao senhor MADRP solicitando a sua intervenção para reduzir os “impactos negativos” de tal traçado do tgv no concelho de anadia.

a intervenção do senhor MADRP é vivamente questionada (pergunta) por José Manuel Ribeiro no final deste requerimento “reforçado” de ontem, entregue na AR, intervenção sugerida junto do senhor MOPTC, membro do governo que tutela a área, este mesmo que ainda não respondeu ao anterior requerimento de José Manuel Ribeiro.

“”insta-os ainda a elencar “algumas contrapartidas para os cidadãos e empresas” afectados por esta decisão governamental.””

http://anadia100gente.blogspot.com/2009/04/tracado-do-tgv-mas-noticias-para-anadia.html