Posts Tagged ‘bairrada’

Cavaco Silva vem “abrilhantar oficialmente” o cine-teatro de anadia!

Janeiro 17, 2009

mais um “outro marco” da autarquia de anadia e no mandato do presidente de câmara municipal, Litério Marques além da recente divulgação do projecto da regeneração urbana do centro da cidade que “deslumbrou tudo e todos a 180 graus”!

Cavaco Silva vem pisar a cidade de anadia e inaugurar oficialmente o cine-teatro no dia 6 de fevereiro e pelas 21 horas, uma inauguração “pompa e circunstância” face ao atraso deste oficial (inexplicável para muitos) de uma obra que já foi calcada com inteligência em prol de actividades do nosso concelho. 

sim, é verdade: a obra, mesmo pronta há já algum tempo não ficou às arranhas (louvável): 

actividades escolares… a 2ª conferência sobre educação em que marcou presença a ministra da educação, Maria de Lurdes Rodrigues, entre outros dinamismos.

 http://www.diarioaveiro.pt/main.php?srvacr=pages_13&mode=public&template=frontoffice&layout=layout&id_page=5636

 

cineteatro_anadia_inauguracao_cavaco_silva e “novo em folha” continua!

o despertar para o progresso em 2009 na cidade de anadia!

cineteatro_anadia_inauguracao_cavaco_silva_1

Anúncios

“se CURTES no teu pc…”

Janeiro 16, 2009

se_curtes_o_teu_pc

… criar, CURTES FREESTYLE COMPUTING!

“A criatividade é uma característica humana que se manifesta numa grande diversidade de áreas e contextos: arte, design e artesanato, progresso científico e empreendedorismo, incluído no plano social. O carácter pluridimensional da criatividade significa que o conhecimento numa ampla variedade de domínios – tecnológicos e não tecnológicos -, pode constituir a base dessa criatividade e também da inovação. A inovação consiste na concretização bem-sucedida de novas ideias; a criatividade é a condição sine qua non da inovação. A imergência de novos produtos, serviços, processos, estratégias e organizações exige a produção de novas ideias e a associação dessas ideias. Certas competências como o pensamento criativo e a resolução avançada de problemas são, pois, tão essenciais nos domínios económico e social quanto nos domínios artísticos.”

[proposta de DECISÃO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO
relativa ao Ano Europeu da Criatividade e Inovação (2009)]

cinza

A wrc, agência de desenvolvimento regional da curia, anadia desafia os potenciais criadores utilizando o computador livremente mas forçosamente tendo a mascote do curia tecnoparque , o CURTES como personagem principal.

“CURTES à letra”, ok? regista o regulamento!

http://www.wrc.pt/pdf/curtes/Concurso_Curtes_2009.pdf

inovar e criar em tempo de crise! CURTES!

 

 

 

“um livrinho pa bebé, po menino e pas vovós!

Janeiro 15, 2009

a biblioteca municipal de anadia “arrasta” muito bem e cada vez mais os “jovens sem medir idades” e para a leitura! biblioteca_arrasta_miudagem_leitura

se não, vejamos: até maio (já teve início em novembro de 2008), a câmara municipal de anadia vai desenvolver actividades dirigidas aos alunos do pré-escolar e do 1º CEB, da rede pública, tendo como objectivos principais despertar o interesse pela leitura, desenvolver a comunicação oral, a capacidade de abstracção, o imaginário e a criatividade das crianças.  

actividades:

na educação pré-escolar:

“era uma vez uma estória”  

no 1º ciclo de escolaridade:

“Uma Aventura na Casa dos Livros” 

a câmara municipal de anadia, no sentido de colmatar a inexistência ou mau estado de conservação de alguns materiais destinados à aprendizagem da matemática, irá disponibilizar, no decorrer do mês de Janeiro, nos 31 estabelecimentos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, da rede pública, um kit de material didáctico (métrico). kit

 

no sábado dia 17 de janeiro, a mesma biblioteca promove um encontro de gerações e convida avós e netos a estarem presentes pois a leitura e a criatividade marca toda a gente!

Inscrições por email para: geral@bm-anadia.pt

                          por telefone: 231 – 519 090

… e no próximo sábado dia 24 de janeiro, “contos & fraldas”!

actividade direccionada para os bebés dos 6 aos 18 mesitos e pelas 15.30 na sala infanto-juvenil. inscrições na biblioteca.

os papás terão que acompanhar este últimos anjinhos, é certo… pois a biblioteca municipal de anadia é um “livro aberto” para todos e em ambiente didáctico!

[trabalho fotográfico a pb de metro por sessenta centímetros proporcionado para uma exposição colectiva, com Lara Roseiro e Tânia Moita, patente e permanente na biblioteca municipal de anadia]

“como é do PDM de anadia?”

Janeiro 14, 2009

o deputado anadiense, José Manuel Ribeiro na assembleia da república jmribeiro_pdm_anadia_governo1 viu-se obrigado a levantar outra questão importante por resolver que é a aprovação do PDM, plano director municipal, de anadia e que já se arrasta há muito, obrigando até os jovens a procurar moradias nos concelhos vizinhos e as empresas a terem dificuldades de implantação no município.  

“como é, sr. ministro do ambiente e srs. do governo?”

http://www.jb.pt/noticia.aspx?id=10830

“não são protagonistas nem fazem barulho a seu bel-prazer!”

Janeiro 11, 2009

“azeitão: população quer continuar a lavar roupa à mão. até pode não acreditar, mas voltar a ter os lavadouros é uma alegria tão grande. a roupa mais pequena vai à máquina, mas os cobertores, os tapetes e os cortinados lavam-se bem é aqui… (…)para dotar os carenciados de máquinas de lavar, mas para Celestina Neves ( presidente de junta de azeitão ) o mais importante desta aposta é a conservação da memória colectiva.” http://dn.sapo.pt/2009/01/11/cidades/voltar_a_os_lavadouros_e_alegria_gra.html

saga “o lavadouro da minha terreola

saga_lavadouro_da_terreola no paraimo:”

 https://anajesusribeiro.wordpress.com/2008/08/25/os-electricistas-ja-chegaram-ao-lavadouro/?preview=true&preview_id=892&preview_nonce=e7ff0ca291:

eu quero destacar um exemplo de pessoa da freguesia mas não da terreola (lugar) que sempre foi lavadouro_paraimo_protagonista_queixa 

e foi protagonista invisível quando “algo não marchou com o lavadouro” do lugar do paraimo, freguesia de sangalhos, tanque público este situado junto à variante anadia (malaposta) – oliveira do bairro.

após a queixa “pública” da forma mais acessível possível e primitiva, e também como deve ser à respectiva junta de freguesia da falta de água em novembro de 2008 constatada frustradamente numa ida ao lavadouro para lavar à mão (ainda se lava à mão e bem jeito faz), “a água voltou”! lavadouro_paraimo_protagonista_apos_queixa

hoje domingo antes de almoço, tive o privilégio de constatar (com o conhecimento da mesma pessoa) o quanto de defensora pelo nosso lavadouro tem sido, foi a autora do “placard SOS”.

deixou registar a razão (os tapetes) sem se fazer à fotografia, sem protagonismo do “pode dizer quem sou” e prova viva na forma de estar correcta perante um problema ou entrave que foi a falta de água.

a preocupação em ter as condições funcionáveis no mínimo para lavar roupa à mão no lavadouro do paraimo, já que existe, mexeu com ela e muito na dela.

marca presença com assiduidade cívica pois no fim, o despejo dos tanques é da praxe. (aqui sem a pessoa contar com este meu registo pois tinha-se ausentado no momento)

lavadouro_paraimo_protagonista_exemplo

não são protagonistas nem fazem barulho a bel-prazer, em ambos os casos!

um exemplo de uma moradora de outro lugar que se mexeu e dá vida ao que é de todos na freguesia.

o lavadouro teve sempre uma vertente social (“corte e costura” à mistura :)) mas dou muita “cor à vertente cívica cortando na casaca” (disse-lhe) de quem (estava só com o marido) marca presença impecávelmente no e pelo lavadouro da minha terreola! lavadouro_paraimo_protagonista_lava

até podem não acreditar mas a minha alegria alguém se mexer assim sem… venham elas!

vem mais uma “tremoçada (se é que se diz) de Magalhães”!

Dezembro 30, 2008

cm_oliveira_bairro_computadores_magalhaes

cá pelas nossas bandas da bairrada, “já se pergunta por onde anda o Magalhães”. http://bairradadigital.pt/blog/2008/12/27/alguem-viu-o-magalhaes-na-bairrada/

a câmara municipal de oliveira do bairro [Mário João Oliveira, presidente, na foto] demarcou-se da aquisição e comparticipação de computadores Magalhães para as escolas do concelho e sem papas na língua para a imprensa regional pois de contas e problemas já tinham com que se entender (por outras palavras e quanto ao governo no parecer da vereadora da educação Laura Pires, ter ideias era fácil mas que faltava o resto).

no entanto, mais Magalhães foram em 2008 e estão a ser encomendados para janeiro de 2009, e como tremoços. http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/8996d8e06f2b92de9da471.html

o Magalhães parece acessível e simpático para outras bandas do país.

o Banco Alimentar já recolheu pela bairrada…

Novembro 30, 2008

recolha_alimentos_ba_hiper1

[recolha dos alimentos pelos voluntários do BA de aveiro, um adulto com vida feita e um menino, no hipermercado pingo doce em oliveira do bairro, distrito de aveiro]

até 7 de dezembro, ainda vale a nova campanha “ajuda vale” para o banco alimentar contra a fome:

http://bairradadigital.pt/blog/2008/11/30/participe-no-banco-alimentar-contra-a-fome/#more-857

esperam-se mais “toneladas de boa vontade” como de voluntariado em portugal. “a crise ajudou”?

Paulo Silva e Royal vão ao indoor na bairrada!

Novembro 24, 2008

royal_paulo_silva_concurso_espaco_inovacao 

nos dias 29, 30 de novembro e 1 de dezembro, o espaço inovação em vila verde, oliveira do bairro vai receber o concurso nacional de saltos – indoor. já o vereador do desporto, António Mota vereador_desporto_antonio_mota, o tinha anunciado mas com “regras”: 1.5 euros será o custo do bilhete de entrada e será feito um protocolo com a associação o arreio, quem organizou, pois a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro não pode dar prémios monetários. [ prize money de 10 500 euros ] este concurso terá um custo de 12 500 euros e com direito de transmissão na sport tv.

Paulo Silva e Royal [ http://www.galoparcomalegria.pt/ ] serão um dos cavaleiros e seu distinto cavalo.

programa para visualização: http://www.equisport.pt//noticias/detalhes.php?id=4900

 

FEP consente até 250 cavalos poderem saltar “à altura a que foram preparados” e com “alegria desportiva in espaço inovação”!

bonne chance!!!

degustar brancos aos sabores dos chef ‘s!

Novembro 21, 2008

a logo_arb vai proporcionar mais um degustar na bairrada, o bairrada gourmet. desta “prova” e em parceria com a enodestinos [http://www.enodestinos.pt], será somente com vinhos brancos e espumantes.

a “oleosidade” nas paredes da taça é imagem de marca apurada.bairrada_gourmet_brancos

como poderão constatar, só falta o access card ser comestível. um acompanhamento requintado ao paladar dos chef’s: access_card_bairrada_gourmet1

dia 28 de novembro, na próxima sexta-feira, ás 20 horas e no marialva park hotel em cantanhede.

a bairrada estará sempre na “ponta da minha intenção”.

falta de guarda-corpos e ferros são a maior “queda para a morte”.

Novembro 17, 2008

seguranca_nas_obras

li atentamente uma reportagem no Diário de Notícias, “arriscar a vida nas obras” [http://dn.sapo.pt/2008/11/15/sociedade/arriscar_a_vida_obras.html], elaborada e “colada durante dois dias” à uma inspecção feita pelos inspectores da autoridade para as condições do trabalho ( ACT ) em grandes obras da grande lisboa.

51 precalços na construção civil deram origem a mortes este ano. as quedas em altura lideram. constatou o DN que a falta de guarda-corpos e de ferros é visível nas obras. ainda bem que, tele-à-vista, o velódromo nacional – centro de alto rendimento de sangalhos, uma grande obra da “grande bairrada” foge ao comum ( foto ) e residente orgulhosa. numa pequena composição fotojornalística da obra, também concentrar e “luzir” tanta segurança visível como o colete, o capacete, luvas… é obra.

“ganham em média cinco euros por hora… 653 euros o rendimento médio dos trabalhadores da construção civil… 556,4 mil empregados na construção civil no 2º trimestre de 2008″… destaco e uma profissão de risco 24 horas.

pergunto: quem é que se queixa em trabalhar no “condicionado ambiente” e aos fins-de-semana… e “ultrapassa até os 653 euros” e no rés-do-chão pisa?

“os operários conhecem os perigos que enfrentam todos os dias, mas dizem não ter opção”.