Posts Tagged ‘bairrada’

8º Workshop “Fotojornalista por um dia+” 15 OUT. ’11 AVEIRO / BAIRRADA

Outubro 1, 2011

O “Fotojornalista por um dia+” de Ana Jesus Ribeiro(https://anajesusribeiro.wordpress.com; http://www.facebook.com/anajesusribeiro) prossegue com o seu 8º workshop agendado para 15 de Outubro, sábado, a começar de Aveiro e com enfoque na cobertura pela região da Bairrada.

Dentro do conceito foto reportar+, permitindo ao aluno(a) a oportunidade de lidar de perto e em tempo real com as rotinas de um fotojornalista, a agenda deste workshop inicia, pelas 10 horas, na redacção do jornal Diário de Aveiro, com uma aula de conceitos teóricos que é aproveitada para informar e para distribuir aos alunos e às alunas, a agenda interna de serviços a cobrir.

O período entre as 11 e as 13 horas será preenchido em conformidade com a mesma agenda acedida e com a habitual “Happy Hour de Fotografia”, que tem por objectivo a criação de empatia de grupo através do exercitar descontraído com motivos em movimento, aliada à dança e, desta vez, sob o comando da professora de dança Vânia Arenga de Cantanhede, em “química coreográfica” com a bailarina Ângela Fonseca de Viseu, aula com abrangência à Fotografia Digital que acontecerá no estúdio fotográfico de Marco Santiago, sediado na Curia em Anadia. 

Um atractivo como “serviço” pré-agendado que a formadora preserva como importante no sentido de descobrir quais as noções técnicas de cada aluno(a) e antes de partirem para uma nova experiência, que será sentido na pele como um “dia de trabalho” para cobrir.

O almoço “formativo”, pelas 13 horas, continua a marcar pontos e prima pela troca descontraída de experiências e saberes da formadora aos seus alunos e alunas, que será tido em espaço a designar.

A importante visualização/discussão dos trabalhos realizados pelos alunos, com “sensação de trabalho quase cumprido”, está apontada para as 18.30 horas, embora também seja preocupação de Ana Jesus Ribeiro, fazer a “ronda” formativa por todos os participantes e nos pequenos momentos de pausa que se vão sentindo durante o workshop.

Pelas 21 horas e reservando também momentos fotográficos de espectáculo abrangente à cultura, a cobertura fotográfica da 1ª Gala do Desporto JB, organizada pelo semanário Jornal da Bairrada em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, estará a cargo do “Fotojornalista por um dia+”, por parte dos alunos e alunas do referido workshop, com direito a publicação de registos mais pertinentes e com os devidos créditos do (a)(s) aluno (a)(s).

Susana Andrez, videasta profissional de Ovar, em colaboração interactiva com o workshop, aceitou participar proporcionando a captura audiovisual dos momentos mais marcantes do evento em questão, evento este que se irá realizar no Espaço Inovação, na zona industrial de Vila Verde, em Oliveira do Bairro.

Outros “bonecos” durante o referido workshop serão, porventura, apetecíveis ou pertinentes de registo, tais como fotos de arquivo, sempre sob a orientação formativa da formadora.

A Direcção Regional do Centro do Instituto Português da Juventude é apoio do projecto formativo em referência, tal como prosseguem a Associação de Solidariedade Social, e Recreio, Formação e Cultura, Club D’ Ancas (http://www.clubedeancas.com) e o fotógrafo/designer Marco Santiago, como parceiros interactivos.

As inscrições encontram-se abertas até dia 14 de Outubro (Meia-noite), no valor de 30 euros para os interessados portadores do Cartão Jovem, e no valor de 35 euros, para os não portadores (Para o máximo de 15 horas, em frequência total ou parcial), com direito a Certificado de Participação autenticada pela formadora, pela direcção do jornal Diário de Aveiro e pela direcção regional do centro do IPJ.

As inscrições podem ser oficializadas no IPJ de Aveiro, via telefone pelo 234 – 413 100 ou via e-mail para ipj.aveiro@ipj.pt, sendo que Ana Jesus Ribeiro também se dispõe a optimizar as mesmas inscrições como também no esclarecimento, através do e-mail jribeiro.ana@gmail.com e/ou pelo telemóvel, 91 209 09 69.

Pel’ a Associação Club D’ Ancas,

Vânia Arenga

 

“na união reside a força” [Emília Abrantes – ACIB]

Janeiro 1, 2010

é a primeira mulher à frente da ACIB desde que a associação foi criada.

franca, natural, inteligente, Emília Abrantes acredita que é na parceria entre empresas que está a solução para ultrapassar a crise económica mundial.

o objectivo principal desta engenheira, a liderar a ACIB desde maio de 2009 é ajudar as empresas da sua área geográfica a desenvolverem-se, nomeadamente através da formação e da aposta na qualidade e na internacionalização.

quer também colocar a bairrada mais visível no mapa nacional.

[…][folheie…  http://www.bonsvicius.net/online/]

“vinhos da bairrada promovidos em terras de angola”

Novembro 28, 2009
a região da bairrada promove, no decorrer da primeira semana de dezembro, uma
forte acção de promoção em terras de angola. este país, com quem temos também fortes laços de afinidade nos prazeres eno-gastronómicos, é já desde alguns anos o principal mercado para os vinhos com denominação de origem bairrada. refira-se que neste país, os vinhos bairrada de qualidade certificada são muito apreciados pelo seu carácter distinto e elegante e harmonizam-se formidavelmente com as apetitosas especialidades gastronómicas locais. pela sua frescura, qualidade e prestígio secular os espumantes bairrada motivam uma grande curiosidade e vão por certo ser uma das grandes atracções do evento. são muito finos de aroma e com uma excelente mousse no paladar.
os vinhos brancos bairrada são apreciados pela conjugação de modernidade e tradição e são sempre frescos e apelativos. actualmente são elaborados pelas castas arinto, bical, cercial, Maria-Gomes mas também pelas internacionais chardonnay e
sauvignon. resultam frescos de sabor e de aromas delicados, apelando assim para consumidores que procuram quer o exclusivo das castas portuguesas quer o gosto das castas internacionais.
os vinhos tintos são também a grande novidade para este mercado: estruturados,
elegantes e frequentemente com garantia ímpar de longevidade. a região foi, em
tempos, de praticamente uma só casta tinta: a baga. mas actualmente os seus vinhos
integram outras castas, nas mais variadas proporções: camarate, jaen, tinta-roriz,
touriga-nacional, e também cabernet-sauvignon, merlot e syrah. os seus aromas
lembram bagas silvestres, resinas, especiarias e aromas fumados. por via da sua
elegância e variedade são extraordinários para degustar com os pratos mais
requintados e diversos. para reforçar esta ligação, decorrerá num dos principais restaurantes de luanda uma semana eno-gastronómica, sendo o responsável pelas ementas o reconhecido chefe Hélio Loureiro,  que para esse fim integrará a delegação de produtores que vão
apresentar os seus vinhos em angola.
os produtores bairradinos que participam nesta acção são a artwine, caves aliança,
Manuel dos Santos Campolargo, caves primavera, caves S. João e caves do solar de S. Domingos. [comissão vitivinícola da bairrada]

“o melhor da gastronomia tradicional da mealhada na feira de gastronomia de santarém”

Novembro 1, 2009

o projecto 4 maravilhas da mesa da mealhada Marca_4MMM água/pão/vinho/leitão  está presente na feira de gastronomia de santarém, que decorre naquela cidade, na casa do campino, até ao próximo dia 8 novembro. 

a água, o pão, o vinho e leitão, produtos de excelência do concelho da mealhada, estão presentes no certame a dois níveis: na loja de vendas da associação de municípios produtores de vinho (AMPV) e através do restaurante “o típico”. 

também nas provas, os vinhos da mealhada têm estado em lugar de destaque:

no passado dia 26, dia do espumante. no passado dia 28, dia da região de turismo centro portugal… e amanhã segunda-feira dia 2 de novembro, dedicado à bairrada.  

a feira de gastronomia de santarém é um dos certames mais mediáticos a nível nacional, onde estão, por via de regra, presentes todas as regiões do país, cada uma com o melhor da sua gastronomia tradicional.

[câmara municipal de mealhada]

“em dia do ambiente, operação stop: oleões para anadia”

Junho 5, 2009

Dia_Do_Ambientehoje é dia do ambiente… e no último dia da “semana verde” no concelho de anadia, a aquisição de oleões vai ser uma realidade brilhante de despoluente:

 

http://anadia100gente.blogspot.com/2009/06/finalmente-oleoes.html

“a região demarcada da bairrada, apenas será afectada em 40 metros. o concelho de anadia até beneficia com o TGV”

Maio 5, 2009

o ministério das obras públicas (MOPTC), em resposta ao deputado José Manuel Ribeiro (PSD), https://anajesusribeiro.wordpress.com/2009/04/09/nova-diligencia-de-jose-manuel-ribeiro-chamando-o-senhor-madrp-ao-atentado-tgv-em-anadia/, assegura: tgv_na_bairrada1

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1221224&seccao=Centro

[…]

“saliente-se que, de entre todo o conjunto de condicionantes identificadas, a RAVE (rede ferroviária de alta velocidade) procurou sempre minimizar, em primeiro lugar, o impacte sobre as populações. os corredores estudados, no concelho de anadia, passam maioritariamente por áreas florestais e agrícolas…”

[…]

“no entanto, é de referir que as populações do concelho de anadia serão também directamente beneficiadas com uma melhoria de serviço na linha do norte para comboios de passageiros suburbanos e regionais, e para mercadorias, decorrente do aumento de capacidade nesta via que resulta da transferência de serviços de passageiros de médio e longo curso para a linha de alta velocidade.” [governo

sinais “florestais e agrícolas” no tempo, na linha de alta velocidade.

“o cavalo na anadia… esse animal tão brilhante!”

Abril 30, 2009

concurso_nacional_saltos_anadia2

é já amanhã, dia 1 de maio que anadia recebe um concurso de saltos nacional de obstáculos, no hipódromo da bairrada em arcos, e com uma infra-estrutura equestre, única com picadeiro de relvado no norte do país. esta iniciativa acontece largos anos após a extinção do antigo hipódromo da curia e pretende recuperar para a região, o prestígio e a tradição de outros tempos que tão boas memórias deixaram em todos nós que tivemos a oportunidade de por lá passar bons momentos de convívio.

é este o espírito que a “ALL4SHOWS” a “SIGYN” e o hipódromo da Bairrada pretendem para esta nova etapa das provas hípicas na região, proporcionar aos espectadores três aprazíveis dias em comunhão com a natureza os amigos e esse animal tão brilhante que é o cavalo.

com provas desde gincanas e juventude, teremos também todas as habituais provas de um CSN-C. havendo ainda um “Masters Premium Cidade da Anadia”.

os percursos estarão a cargo do chefe de pista internacional Luís Xavier de Brito.

quanto a inscrições já chegámos ao limite tendo já confirmados 210 cavalos no concurso o que consideramos ser um sucesso…

temos inscritos vários cavaleiros de renome tais como: o anfitrião Luís Negrão, Marina Frutuoso de Melo tri-campeã nacional, o olímpico António Vozone, João Azevedo e Silva, Hugo Carvalho ou Ricardo Gil Santos para citar alguns dos presentes e ainda a do internacional espanhol Juan Cortiguera Ruiz.

presidente do concurso: Francisco Cancela de Abreu

directores do concurso: Luis Negrão 91 7200139 ou António Frutuoso de Melo (conhecido coordenador e comentador de hipismo da RTP e EUROSPORT) 91 8309678

contamos com o apoio da câmara municipal da anadia, junta do turismo do centro, casa da graciosa, select/vedior, gamavariada, seat-anadiacar e allianz entre outros.

a entrada será livre e haverá leitão e espumante próprio da região… 

www.hipodromodabairrada.com

www.all4shows.com

www.sigyn.pt 
 

“gaita! o POPULARIS vai tocar foles” em anadia!

Fevereiro 23, 2009

cartaz_popularis_cineteatro cine_teatro_anadia_espectaculos3

a câmara municipal de anadia não dá “margem para folgas”. o próximo espectáculo no ciné-teatro de anadia já está agendado e a maioria dos “gaiteiros” são do lugar de espairo, freguesia de são lourenço do bairro: 

http://popularis.com.sapo.pt/

“de salientar que à semelhança dos espectáculos anteriores, a entrada será livre”. [câmara municipal de anadia]

“gaita! de louvar a primasia aos artístas da terra… a diferença está de que ângulo!”

o TGV em anadia é “rés vés campo de ourique” para certas localidades.

Fevereiro 11, 2009

jmribeiro_requerimento_pergunta_tracado_tgv_anadia

José Manuel Ribeiro, hoje entregou à mesa da AR a sua “pergunta preocupação” pelo município de anadia, dirigida nomeadamente ao Sr. ministro das obras públicas, transportes e comunicações e, onde se depreende do exposto que negativo será para certas localidades do concelho. diria mesmo: “de raspão e destruindo o que é da bairrada”.

_________

 
 
 
 
 
 
 
 

 

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia da República 

  

 

 

 

 

 

 

 

“” o governo fez publicar em diário da república, a resolução do conselho de ministros (RCM) n.º 12/2009, datada de 8 de janeiro de 2009 e assinada pelo primeiro-ministro, José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa. uma RCM portadora de más notícias para o município de anadia, em linha com o que o governo socialista do Eng.º José Sócrates, infelizmente, já nos habituou. na verdade, a referida RCM, que estabelece o traçado e os “corredores” do TGV, refere que se encontram “agora reunidas as condições para proceder à delimitação das áreas a abranger no traçado compreendido (…) entre pombal e oliveira do bairro”, pelo que, na sua óptica “cumpre aprovar as presentes medidas preventivas”. no essencial, as medidas preventivas que o governo fez aprovar “destinadas a evitar a alteração das circunstâncias e condições existentes nas zonas identificadas que tornem a execução do empreendimento público para a ligação ferroviária de alta velocidade do eixo lisboa – porto mais difícil ou onerosa, com vista a garantir o período necessário para a sua programação e execução”, medidas estas que terão a vigência pelo prazo de dois anos, prorrogável por um ano. mas o diploma do governo vai mais longe, pois vem “estabelecer que o empreendimento público projectado (…) deve desde já ser tido em consideração na elaboração, alteração ou revisão de todos os instrumentos de gestão territorial”, como seja, a título de exemplo, o plano director municipal (PDM) de anadia.

fica assim a ideia que o PDM de anadia, que leva cerca de uma década a ser revisto, poderá sofrer mais um percalço, prejudicando ainda mais o município de anadia. aumenta a preocupação quando compulsando o n.º 1 do artigo 1.º (parecer prévio) do anexo II relativo às medidas preventivas, se constata o impacto no dia-a-dia da vida das populações de anadia deste diploma governamental. na verdade, as áreas abrangidas pelas presentes medidas preventivas, ficam sujeitos a parecer prévio vinculativo da rede ferroviária nacional” (REFER) os seguintes actos ou actividades:

a) criação de novos núcleos populacionais, incluindo operações de loteamento; b) construção, reconstrução ou ampliação de edifícios ou de outras instalações; c) instalação de explorações ou ampliação das já existentes; d) alterações importantes, por meio de aterros ou escavações, à configuração geral do terreno; e) derrube de árvores em maciço, com qualquer área; f) destruição do solo vivo e do coberto vegetal.

 

como se depreende o governo, à conta do TGV, aprova um “colete de forças” que vem criar ainda mais restrições e limitações ao município de anadia, com prejuízo para o seu desenvolvimento e progresso. acresce que, quem analisa as plantas anexas à supramencionada RCM fica escandalizado com o que vê. na verdade, com o traçado e os “corredores” que o governo apresenta, o TGV “passa à tangente” junto de várias localidades. aliás, deve ser referido que a entrada sul do município de anadia tem dois “corredores”. as localidades que poderão vir a ser bastantes prejudicadas são: tamengos, curia, horta, ribafornos, óis do bairro, são lourenço do bairro e ancas, entre outras. uma situação que, a verificar-se, retirará qualidade de vida aos munícipes, em especial aos destas localidades, com todos os inconvenientes que facilmente se inferem. mais, analisando as mesmas plantas constata-se ainda que, além da criação de um “rasgo” inaceitável, uma barreira anti-natural que é efectuada no município de anadia, o projecto TGV irá destruir várias dezenas de hectares de vinhedo, aniquilando aquela que é porventura a principal riqueza da região! “” mapa_tracado_tgv

destrói vinhas, arruína uma beleza natural sem paralelo e intromete-se, devastadoramente, em projectos de assinalável sucesso na região e no país. esta situação é inaceitável e incompreensível! o TGV, no caso concreto do município de anadia, é um verdadeiro “atentado” que merece o profundo repúdio do subscritor, pois este investimento não trás qualquer benefício às pessoas, às empresas e às Autarquias. mais, fica também claro que o TGV causará impactos similares nos municípios da mealhada e de oliveira do bairro. deste modo, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, vem o deputado abaixo-assinado, requerer ao governo, através do senhor ministro das obras públicas, transportes e comunicações, os seguintes esclarecimentos:

1 – tem o governo noção do enorme prejuízo que o traçado do TGV e os “corredores de protecção” vêm causar ao município de anadia?

2 – tem o governo noção que o TGV, no município de anadia, vai destruir vários hectares de vinhedo, aniquila uma beleza natural sem paralelo, e intromete-se devastadoramente, em projectos de assinalável sucesso na região e no país?

3 – na definição das medidas preventivas, o governo auscultou as autarquias locais dos municípios que podem vir a ser afectadas pelo TGV? se sim, quais?

4 – a câmara municipal de anadia foi ouvida? se sim, em que termos e qual foi a sua resposta?

5 – tem o governo consciência que as medidas preventivas aprovadas provocam graves prejuízos no dia-a-dia dos cidadãos e empresas do concelho de anadia?

6 – tem o governo elencadas algumas contrapartidas para os cidadãos e empresas do concelho de anadia afectadas pela decisão governamental? “”

 ________

lisboa, palácio de São Bento, 11 de fevereiro de 2009. 

o deputado do PSD, – José Manuel Ribeiro –

 

“as setas apontam para a crise pacífica.”

Janeiro 22, 2009

imovel_disputado_crise

não está fácil a venda da casa, e imobiliárias da vizinhança.

“não pago nada por deixar uma ou mais do que uma imobiliária tentar a sorte, só a comissão da venda a quem conseguir”, garantiu o dono “à leiga nestas coisas”.

o dono do imóvel agradeceu a foto.

no concelho de oliveira do bairro… e, por vezes, tantas vezes ao lado, nem reparamos que “passamos pela crise”.

“e dono, que é ainda dono ajuda e escarrapacha a tabuleta com o contacto móvel. uma concorrência pacífica na base da tabuleta. a crise até é amiga.”