Posts Tagged ‘AQUAECURIVA’

a ZI de amoreira da gândara: “o mesmo filme a não perder”.

Fevereiro 23, 2009

zi_amoreira_da_gandara_ambiance

zi_amoreira_da_gandara_depositos_entulho1

[empresa Vidrologic em último plano]

nem a proibição à letra pões travão.

nesse sentido, a AQUAECURIVA não brinca em serviço e não perde o fio à meada em fevereiro de 2009. 

“esta ZI, um filme que nunca acabou como a ZI do paraimo”.

http://docs.google.com/gview?a=v&attid=0&thid=11f83dfa22fcb54a&mt=application%2Fpdf

a AQUAECURIVA denuncia a “sua segunda infracção” a quem de direito.

Fevereiro 18, 2009

vale_de_salgueiro_desafectacao_area_ren

vale de salgueiro, alféolas [registada ontem], em área REN correspondente a máxima infiltração [no entender e denuncia a aquaecuriva]

zona_industrial_alfeolas_ja_existente_ao_lado

zona industrial de alféolas, [registada ontem] “mesmo ao lado” e já com infraestruturas de um loteamento industrial.

a REN no concelho de anadia.

a referida denúncia [proc. nº 002/2009] da associação para a defesa do património ambiental e cultural da bairrada, a AQUAECURIVA, em carta registada e dirigida ao Exmo. Sr. inspector geral do IGAOT.

http://docs.google.com/gview?a=v&attid=0&thid=11f8478f5e04a2c2&mt=application%2Fpdf

“a zona industrial do paraimo já tem quem cuide dela.”

Fevereiro 11, 2009

uma associação para a defesa do património ambiental e cultural da bairrada, a AQUAECURIVA (http://quiosquedasletras.blogs.sapo.pt/145610.html) tem “debaixo de olho e do meu nariz, embora já sonhava”, (pelos vistos) o seu primogénito problema ambiental já entre mãos.

assim me fizeram chegar, via email o “proc. nº 001/2009” enviado (deduz-se) e registado, e para o Exmo. Sr. inspector geral do IGAOT, inspecção geral do ambiente e do ordenamento do território do qual o assunto, este não me passa ao lado :

http://docs.google.com/gview?a=v&attid=0&thid=11f65c624c925d90&mt=application%2Fpdf

cá da terra, fui mirone (ainda) à luz do dia (conveniente neste sentido) :

zi_paraimo_lado_subestacao

zi_paraimo_empresas_saneamento_aguas_passeios

aguardemos pelo “estudo de impacte ambiental” que a associação diz não ter sido efectuado pela câmara municipal de anadia e, pedido com aviso de recepção e por quem já quer dar os primeiros passos.

nasceu para isso, “poças”.