Archive for the ‘fotojornalismoDN’ Category

o frenesim no içar

Setembro 21, 2008

a Regata dos Grandes Veleiros no terminal norte do porto de aveiro, ílhavo.

só o cheirinho de um frenesim.

até terça e “içarei mais de mim”.

Anúncios

“SEDOV’s atenciosos e eu de cá”

Setembro 20, 2008

 

“excuse-me… it’s mine!

… uma voz [o sr. da câmara] por detrás de mim, ao mesmo tempo a tocar-me no ombro, todo regalado a apontar para a embarcação SEDOV. pudera. tinha-o na mira da minha objectiva e o veleiro era “deles” [parte dos tripulantes na foto], o maior veleiro do mundo, disseram-me de antemão assim que cheguei, dos 21 veleiros participantes da regata dos grandes veleiros, regata comemorativa dos 500 anos do funchal.

SEDOV é da Rússia e data de 1920.

e virei motivo: disseram-me onde sentar-me e tudo, enquadrada junto do veleiro MIR [1987], também russo e para sacar de uma foto [relíquia igualável].

o MIR mereceu um elogio dos marinheiros do SEDOV, comparativamente ao veleiro deles e para uma leiga como eu que só via “grandeza por fora”: “o nosso é o maior mas este é mais rápido”, “em inglês e em francês lá pescava”.

 

foram atenciosos e “eu de cá”. o meu registo pioneiro da regata, estes “estrangeiros” que bem me receberam abordando.

 

toda a frota [três veleiros ainda não tinham chegado, ainda eu lá] encontra-se no terminal norte do porto de aveiro, ílhavo.

 

as velas içadas e majestosas, somente na parada naval e na terça-feira dia 23 de setembro de 2008, na partida rumo ao funchal e todos os privilegiados que assim queiram “ver”, à zona do Meia Laranja do porto de aveiro devem permanecer pelas 10 horas da manhã.

até lá… “a bordo por terra” e umas actividades para levarem de recordação do município de ílhavo e dos ilhavenses [e destes, já sabido os seus testemunhos satisfatórios pois comitiva veio junto desde Falmouth, inglaterra]

um artista sósia de entre artistas

Setembro 8, 2008

“a minha preocupação é fazer algo que me dê gosto, que resulte numa peça única”… “estou a tentar fazer da actividade um projecto de vida”.

 

 

José Loura, ceramista de 31 anos e já com oficina própria em são bernardo, aveiro… admite que o “mais difícil” na sua curta carreira de ceramista “é vender”. Além da produção das peças e objectos, se vê “obrigado a fazer um pouco de tudo” na parte  “mais comercial”, como qualquer pequeno empresário que se preze.  

“ideia de sucesso, sósia da ideia de muitos outros lutadores artistas como José Loura”.

 

José Loura recebeu o prémio de melhor peça da FARAV 2008, feira de artesanato da região de aveiro, que lhe valeu 2300 euros.[peça indisponível para a fotografia]

 

http://www.parlamentoglobal.pt/parlamentoglobal/circulos/aveiro/2008/10/20/201008+ceramista+aveiro.htm

www.rodame.com, site para visualização do seu catálogo com as suas peças, peças estas também em várias lojas e outros estabelecimentos.

perder a noite em “agosto tranquilo”

Agosto 31, 2008

um “arrepio” quando vou na estrada mesmo a saber-me “tudo certinho direitinho”.

no terreno, os “arrepios” de quem até agradece esta operação da GNR para a televisão e para a fotojornalista, como exemplo em foto.

outros, detidos porque “arrepios” não têm.

 

 na madrugada de ontem, em toda a região centro do país, a uma operação de fiscalização de trânsito da GNR “agosto tranquilo”  [o NIC, núcleo de investigação criminal, também á lupa] fui desafiada.

Estava como profissional mas como cidadã, dei conta de que demasiadas pessoas desafiam a sorte. quem bem anda deu a cara [foto de um Sr. Exemplo]. quem embriagado se sabia tentou a fuga ou “não percebeu” o movimento do “bastão” luminoso do Sr. agente da GNR a mandar parar.

Algumas moças condutoras dos seus namorados ou amigos de salientar e “assopraram 0.0”. mais vale e bem.

2.6 foi o record no “soprar ao balão” [uns habilidosos que já não enganam o Sr. Comandante] na Mealhada onde cortaram a estrada nacional para todo aquele aparato em todo o país e em prol da segurança de todos nós. 

não imaginava o transitar de um veículo na estrada sem selo automóvel, sem inspecção e sem seguro, três em um. quem culpar mesmo? e pagar 60 euros na hora porque na sequência de uma fachina, a esposa retirou do veículo o colete reflector obrigatório e não o voltou a colocar…

 

6,4 gramas de haxixe, dois revólveres, castiçais,… apreensões de suspeitos de etnia cigana que nos “fizeram chegar” de águeda.

fui para casa por volta da 5 da manhã e para levantar cedo, mas fui “tranquila”.

perdemos a noite e pela madrugada a dentro com a “nossa guarda”.

vandalismo de pasmar

Agosto 29, 2008

  fogo. não quero brilhar com este tipo de cobertura fotojornalística mas tal o empenho em saber o que se passa, “só falta fazer o papel da PJ” e numa de acabar com este vandalismo [tudo indica]. Mais três autocarros do CCT ontem pelas 6 horas da manhã. Jorge Machado da Transdev: ” os prejuízos ascendem a mais de cem mil euros”.

  pasmaceira mesmo. “se fosse PJ, era o clic certeiro para descobrir a pólvora”. só quem não ouve as notícias e por todo o país e incessantemente, não se sente.

os vestígios do primeiro ainda em “rescaldo”.

  Tudo indicia para fogo posto, segundo a PJ á Lusa. a operadora transdev iria mudar de local para garagens de concelhos vizinhos até prova dos nove.

PJ investiga autocarro incendiado

Agosto 28, 2008

    

parecia coisa de films ou de bairro. dou de caras com um autocarro totalmente chamuscado no centro de camionagem e transportes (CCT) em albergaria-a-velha. “pegou” fogo ontem de madrugada. certo e sabido é o vandalismo que tem sido recorrente e visível desde de roubo de extintores [espumar até os autocarros] a riscar muros. pede-se vigilante e/ou ronda de vigilância por parte das autoridades no CCT. Teme-se até, já.

 

a polícia judiciária (PJ) está a investigar se fogo posto. pudera.

levaram óculos estimados em 4000 euros

Agosto 26, 2008

   num assalto ocorrido no final da madrugada de ontem, mesmo sem a loja óptica Almeida de Anadia possuir câmaras de vigilância (só alarme), uma testemunha ocular apercebeu-se do “barulho” (alarme da loja terá ajudado), alertou a GNR e ainda conseguiu registar a matrícula do carro dos assaltantes (3 de cara tapada) que se veio a saber roubado em setúbal. partiram a porta da entrada e “limparam” óculos juntamente com os expositores.

Não mexeram na caixa registadora.

E lá também se “paga a luz” á EDP.

“testemunha ocular fez de câmara de vigilância exterior”.

homem entra no forno a 300 graus

Agosto 25, 2008

                     Manuel Farias, o “milagreiro” da urgueira e um habitué, entrou de cravo na boca, fato de borel, 70 quilos de massa de broa e mais espectante por ir entrar no forno a 300 graus ou mais pois sem “frestas”, restaurado.

  sai passado segundos [uns 20 segundos, contabiliza o próprio presidente de os serranos que afirma perder meio quilo durante]

  o forno é pré-aquecido em 3 dias. a broa de 70 quilos é repartida pelos devotos que se encontram na romaria e não ganha bolor, nacos de outros anos assim comprovam.

os piropos aos fotojornalistas porque na frente, necessariamente, e por parte dos devotos presentes [bem me advertiu um amigo e jornalista que sabe de cor a lenda] também não fugiram a romaria. toda a maquineta possível que tirasse fotos virada para a “boca do forno”.

impressionante tal proeza e ninguém “sai queimado”, tudo faz a sua “fotografia e do momento em segundos”.

quem mais o “Farias”?

primaram para mim

Agosto 24, 2008

galo de barcelos pelas mãos e primor de uma menina de oeiras.

[ambas as construções de areia realizadas na praia do furadouro, ovar]

mulher de areia deitada. ideia de artísta e de um menino de oliveira de azeméis.

ambos, de facto, foram vencedores: o galo ficou em primeiro lugar, a mulher de areia deleitou-se pelo segundo. dos 9 vencedores (os três primeiros de cada) que pude registar nas construções de areia, iniciativa do jornal  [DN][edições do dia de borla, bonés, sacos praia, carteirinhas, rebuçados para as crianças e o PANDA, sem esquecer] nas praias da barra, ílhavo, aveiro e da torreira, estarreja [onde eu estive], estas criações foram as que primaram para mim.

ambas, apreciadas durante e os meus olhos se regalaram logo no terminus… na praia do furadouro.

Enquantos uns devoravam o DN, a “Joana” [nome fictício] a puxar pelo pai para ir participar e/ou ver o PANDA.

do furadouro, trouxe também particularidades. antes, dei uma voltinha pelo areal que estava a pisar pela primeira vez, abordei um nadador-salvador para saber que foto característica… [no post a seguir]

vouguinha chocou 2 vezes em 3 horas

Agosto 21, 2008

 

é verdade. foi notícia.

ontem, na linha do vouga. pelas 7.30 da manhã em eixo, aveiro e pelas 10.30 em alagoas, águeda. causando 3 feridos ligeiros, a automotora [vouguinha] abalroou camião e descarrilou.

assim os ângulos não me desmentem.

alguns populares queixaram-se da velocidade da composição ferroviária.

mau acordar?

foi dia azarento também e no ar em madrid, tempinho depois.

é favor o checkup, e muita atenção. aos entendidos.