Archive for Novembro, 2008

Paulo Silva e Royal vão ao indoor na bairrada!

Novembro 24, 2008

royal_paulo_silva_concurso_espaco_inovacao 

nos dias 29, 30 de novembro e 1 de dezembro, o espaço inovação em vila verde, oliveira do bairro vai receber o concurso nacional de saltos – indoor. já o vereador do desporto, António Mota vereador_desporto_antonio_mota, o tinha anunciado mas com “regras”: 1.5 euros será o custo do bilhete de entrada e será feito um protocolo com a associação o arreio, quem organizou, pois a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro não pode dar prémios monetários. [ prize money de 10 500 euros ] este concurso terá um custo de 12 500 euros e com direito de transmissão na sport tv.

Paulo Silva e Royal [ http://www.galoparcomalegria.pt/ ] serão um dos cavaleiros e seu distinto cavalo.

programa para visualização: http://www.equisport.pt//noticias/detalhes.php?id=4900

 

FEP consente até 250 cavalos poderem saltar “à altura a que foram preparados” e com “alegria desportiva in espaço inovação”!

bonne chance!!!

“” O VÍCIO NA RUA “” [sem abrigo e o projecto MASA]

Novembro 23, 2008

uma fotoReportagem que dispensa aos sabedores o quanto faço muita questão e de copiar na íntegra, sem lamirés da minha escrita fugindo à versatilidade do meu “portfólio profissional blogado”. em especial vai para aquelas pessoas que, como eu genuínas e com algum poder interventivo mesmo que pequenino, têm demonstrado procurar saber e provar a sua boa vontade com sensatez, mesmo patentes para cada qual as dores de cabeça desta “nossa crise do presente em portugal” que já vem de trás, http://www.agencia.ecclesia.pt/noticia_all.asp?noticiaid=66596&seccaoid=3&tipoid=62, e que tenho fé ainda tocar cá dentro, mesmo que adormecido e a passinhos bem dados circunstancialmente. o meu obrigado aos curiosos na busca revelados nas estatísticas do wordpress. aqui vai para ler pausadamente.

publicada na revista Bons Vícius.

http://www.bonsvicius.net/index.php?option=com_frontpage&Itemid=1

Andreia Barros Ferreira [texto]

Ana Jesus Ribeiro [fotos]

***

“” São centenas aqueles que todos os dias saem da escuridão das ruas do Porto para fazerem fila nas carrinhas que vão passando á noite com alguns alimentos e roupas para combater a fome e o frio. Acompanhámos duas rondas e conhecemos histórias de pessoas que já não conseguem sair, que perderam quase a identidade e que receiam que os venham buscar. Falam em vício, mas sobretudo procuram afectos. Saímos acompanhados de Daniel Horta Nova, um antigo jornalista que viveu na rua, e que quer criar o MASA, um projecto pioneiro, que não pretende alimentar ou vestir pessoas sem tecto – pelo menos, não só – mas prepará-los para que eles consigam voltar a viver debaixo de um tecto.

” Não me faça isto que se os meus filhos vêem a foto no jornal ainda me vêm buscar “. Estávamos ao lado da Sé do Porto e o homem que corria a fugir da objectiva da Ana Ribeiro, a nossa fotógrafa, é apenas um entre os muitos sem abrigo que estão na rua por quase já não quererem sair dela. Ou por não conseguirem. São pessoas que ficaram sem tecto por vários motivos e que ao fim de algum tempo se foram habituando ao modo de vida que levam. ” Há doentes que destroem a capacidade de socialização, e há pessoas que estruturalmente sempre foram difíceis de integrar. E a esses chamamos personalidades imaturas. Não na área intelectual, porque até podem ser sobredotados, mas na capacidade de integrarem certos valores “, afirma António Palha, director do serviço de psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto ( FMUP ).

Será o caso do Sr. Santos. abrigo_sr_santos_1 A viver há seis ou sete anos na rua, recita poemas, fala várias línguas, discute temas da actualidade com a clarividência de poucos, e até toma a iniciativa de pedir à irmã Maria helena, respnsável pelo colégio Nossa Senhora do Rosário ( que também faz rondas pela cidade e a quem nós acompanhamos numa das noites ) colegio_nossa_senhora_do_rosario_team, que lhe arranje um sítio onde ele possa almoçar e jantar. Muda, no entanto, de ideias quando lhe dizem que terá que tomar banho e vestir outra coisa que não seja o fato de treino com que o vêem há cerca de quatro anos. Na verdade, já lhe deram várias vezes roupas, mas ela continua fechada em sacos pretos ao lado da sua cama improvisada com cartão e cobertores. abrigo_sr_santos O caso agrava-se quando Maria Helena lhe fala dos horários das refeições. Ou melhor, lhe volta a falar. Porque ainda há um ano atrás tentaram dar-lhe abrigo num lar de idosos, chegaram mesmo a marcar reuniões, mas o Sr. Santos nunca aparecia. ” Sabe que é o hábito, é difícil sair “, afiança a responsável pelo colégio.

Mas pelas ruas do Porto não vagueiam apenas aqueles que não têm um tecto para se abrigarem durante a noite. sem_abrigo_sofa_na_cidade_comer Há também muitos que procuram nas carrinhas que andam pela cidade uma oportunidade para comer e se agasalharem. Fazem-no por carência afectiva e por terem sido abandonados pela família. ” Venho aqui para falar, só isso “, afirma Emanuel Sousa, um outro sem abrigo, que encontramos numa outra zona problemática da cidade, a Boavista. O álcool que traz no corpo fá-lo inventar estórias sobre o apartamento de luxo onde no seu devaneio mora, , e sobre os filhos que, no seu sonho, vivem com ele. ” Os toxicodependentes e os alcoólicos são uma grande parte do problema “, afirma António Palha. E acrescenta: ” parte dos que estão marginalizadas na rua são pessoas que podíamos etiquetar de doentes mentais “.

Pelas ruas já frias do Porto existem também aqueles que vão às carrinhas por não terem dinheiro para comer. É o caso de Bruno, de 23 anos, desempregado, que vive com a mãe, que foi abandonada pelo marido. Não têm dinheiro para as necessidades básicas e, por isso, ele e a namorada de 19 anos, vêm buscar comida e pedir roupa, que na ronda da noite em que o encontrámos – fizemo-la com a Oxalá – não havia. ” Precisava de uns sapatos e de umas calças “, diz sem a vergonha que a necessidade lhe foi tirando.

Sem abrigo por opção

O problema de Bruno e da namorada será resolvido no dia seguinte, graças ao ainda projecto MASA ( Movimento de Apoio aos Sem Abrigo ), que nos acompanhou também,… “” [ continua no próximo post ]

“o alfa pendular vai levar Manoel de Oliveira até ao Douro!”

Novembro 22, 2008

“o comboio assegura as ligações porto-lisboa e tem as carruagens decoradas com imagens de personagens do filme aniki bobó [1942] a primeira longa-metragem de Oliveira, realizada na zona da ribeira, a poucas centenas de metros da estação onde pela primeira vez estacionou um alfa.” http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/459487 alfa_pendular_manoel_de_oliveira1 no interior dele próprio e bem presente, a ligação imaginária do porto à régua e douro que o seu alfa pendular lhe permite agora.

banqueiro do BPN, respeitado na terra onde nasceu, tem “mansão” em mataduços.

Novembro 22, 2008

“não tenho nada que dizer dele, é humilde. sei que gastou muito dinheiro para pôr a casa em condições. aquilo é um luxo lá dentro. vem aqui muito rara vez e vai logo embora.”… segundo vizinha há 40 anos de Oliveira e Costa em mataduços, esgueira, aveiro. casa_oliveira_da_costa_mataducos_aveiro1

filho de antigo patrão da empresa bóia & irmão, de Oliveira e Costa, só lhe conhece qualidades. http://dn.sapo.pt/2008/11/22/economia/o_self_made_man_mudou_a_maquina_fisc.html

“um filho humilde e trabalhador da terra” tentado ao poder?

 

degustar brancos aos sabores dos chef ‘s!

Novembro 21, 2008

a logo_arb vai proporcionar mais um degustar na bairrada, o bairrada gourmet. desta “prova” e em parceria com a enodestinos [http://www.enodestinos.pt], será somente com vinhos brancos e espumantes.

a “oleosidade” nas paredes da taça é imagem de marca apurada.bairrada_gourmet_brancos

como poderão constatar, só falta o access card ser comestível. um acompanhamento requintado ao paladar dos chef’s: access_card_bairrada_gourmet1

dia 28 de novembro, na próxima sexta-feira, ás 20 horas e no marialva park hotel em cantanhede.

a bairrada estará sempre na “ponta da minha intenção”.

a linha do vouga tem uma “passagem e meia por kilómetro”

Novembro 20, 2008

a linha do vouga tem 96.2 kilómetros de extensão, 158 passagens de nível, ou seja, mais de uma passagem e meia por kilómetro. http://www.labor.pt/noticia.asp?idEdicao=155&id=7504&idSeccao=1581&Action=noticia

58 passagens de nível vão à vida a partir do centenário [início das comemorações a 23 de novembro] da linha do vouga e nos concelhos de espinho, santa maria da feira, são joão da madeira, oliveira de azeméis, albergaria-a-velha, águeda e aveiro, comprometeu-se a REFER, rede ferroviária nacional.

uma supressão colectiva, “questão de dias e de vidas sem mortes”. avivar a linha com outra cor. outra fama merece o vouguinha. centenario_linha_vouga_adeus_passagem_nivel

“a líder Manuela Ferreira Leite” não mereceu comentários de José Sócrates “inteligente”

Novembro 20, 2008

José Sócrates inaugurou ontem três fábricas em viana do castelo. http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1046802

inaugurar investindo para empregar pessoas mesmo em tempos de crise é que é liderar, se calhar, propondo e construindo. um(a) líder não se pode esquecer de que o é quando fala pois… fala por todos de um partido ou associação porque em democracia se elegeu? Vão resolver logo e internamente tudo em ordem, com certeza. http://dn.sapo.pt/2004/11/08/suplemento_negocios/um_lider_que_se_preocupa_selo.html

quanto aos “seis meses sem democracia” de Manuela Ferreira Leite, líder do PSD, José Sócrates não quis comentar a “gaffe da líder, e social, e democrática”. socrates_nao_comenta_fleite

o preço do gasóleo está abaixo de 1 euro!

Novembro 19, 2008

gasoleo_abaixo_euro_continente

não sei desde quando, nem se “mais irmãos gêmeos” haverão mas hoje estava e na gasolineira do continente hipermercados [antigo carrefour] em aveiro!

“falha do dígito” não é, abasteci no instante. 0.99 euro o litro registado na bomba!

 

na galp não é, de facto, ainda mas no continente português, é: http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1032048

upa, upa!!! [para baixo]

empréstimo aprovado sabido… “muda logo de figura”!

Novembro 18, 2008

o tribunal de contas (TC) aprovou os 58 milhões de euros a serem concedidos pela caixa geral de depósitos. “depois do dinheiro estar cá, os critérios de pagamento clarificam-se muito rapidamente…” http://www.noticiasdeaveiro.pt/?c=noticiario&i=3954. a solicitação pela câmara municipal de aveiro de verba sem tempo a perder é para pagamento de dívidas a curto prazo e ainda até ao final do ano, ano este da “bomba calote de uma autarquia”.

 

“não deixe para amanhã o que deve ainda fazer hoje.”

 

dividas_cm_aveiro_emprestimo_cgd_aprovado

 

o teatro aveirense não ficou para trás… a aveiro expo subsidiada será para exploração em 2009… a venda de três barcos moliceiros e alguns terrenos irem reverter para a construção de uma habitação unifamiliarhttp://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=Aveiro&Option=Interior&content_id=1045825

“o quê, para quê e como inovar em tempos de crise?”

Novembro 18, 2008

seminario_empresarios_inovacao_crise1 

a câmara de águeda vai “incentivar os empresários e gestores, homens e mulheres, calejados descendentes, de vários sectores e de topo, a inovar em tempos de crise”. Como? a mesma autarquia assim procurou “responder” promovendo um seminário para dia 20 de Novembro no hotel palácio de águeda das 9 horas ás 12.30 e que vai ser esclarecidamente “motivado” pelo experiente Professor catedrático da universidade de aveiro e consultor em inovação, criatividade e mudança, Dr. Jorge Alves.

será como quem diz… “como incentivar a ver ou a fazer nascer uma flor no meio de uma selva espinhosa e competitiva? estamos todos curiosos”.

http://www.cm-agueda.pt/ricagueda/